Cidades

01/12/2019 13:29

Novos especialistas em >Gestão de Segurança Pública> começam a atuar na PM e Bombeiros

Quarenta e dois capitães da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros voltam às ruas como especialistas em ‘Gestão de Segurança Pública’. A formatura dos policiais ocorreu na noite de quinta-feira (28), em solenidade no auditório do Hits Pantanal Hotel, em Várzea Grande.

Essa é a 12ª turma do CAO (Curso Aperfeiçoamento de Oficiais) formada pela Academia de Polícia Militar Costa Verde e a primeira com especialização em ‘Gestão de Segurança Pública’ voltada aos capitães.  

Dos 42 novos especialistas, 31 são do quadro da PMMT, sendo 22 do operacional e 9 do administrativo, e 11 são oficiais do Corpo de Bombeiros. O curso teve duração de quatro meses em regime integral, com 360 horas aulas presenciais e aulas atividades para produção de artigo científico.

O comandante da Academia Costa Verde, tenente-coronel Wellington Augusto Prado de Campos, explicou que esse curso forma oficiais para funções, entre outras, de gestão e comando de unidades e de assessoramento de Estado Maior (comando-geral da PM).

No ato de formatura, o comandante geral adjunto, coronel Delwison Sebastião Maia da Cruz, parabenizou os formandos e destacou a importância da qualificação profissional, da formação e atualização continuada.

“Saibam que a PM e a sociedade mato-grossense agora esperam e vão cobrar muito mais dos senhores e senhoras”, pontuou Cruz.

O comandante adjunto observou que enquanto os oficiais estavam em curso a ausência deles foi sentida nas atividades de rua e no administrativo, porém a instituição reconhece a necessidade do aprimoramento para melhoria dos serviços prestados.

Sd Luiz/PMMT

O comandante adjunto, coronel Cruz, cumprimentou os formando e parabenizou o capitão Cabelho, primeiro colocado no curso(foto: Sd Luiz/PMMT)  

ARTIGOS CIENTÍFICOS

Os formandos expuseram 22 artigos científicos produzidos como exigência para conclusão do curso. Um dos artigos, intitulado ‘Lei Seca em Cuiabá – Perfil do Infrator e as Medidas Preventivas de Trânsito", de autoria dos capitães Diego John Guindani Silva e Lucas Maciel, com orientação da tenente-coronel Diva Maria de Oliveira Mainardi, apontou que o condutor flagrado no volante por embriaguez é do sexo masculino, a maioria jovem e de até meia idade, com formação de nível médio, não reincidente e renda baixa e média.  

Outro artigo, dos capitães Victor Hugo Cabelho e Rodrigo Varela Ferreira, que tiveram como orientador o coronel PM e também professor-doutor, Edson Benedito Rondon Filho, abordou a vitimização do policial militar em horário de folga. Uma pesquisa feita com 700 policiais, por meio de aplicação de questionário online, mostrou que 192 PMs mato-grossenses foram vítimas de violência e crimes quando estavam de folga.

Sd Luiz/PMMT

                   


JD News

Portal JD News tem como objetivo primeiro o de Informar com ética, isenção e profissionalismo tudo o que acontece nos domínios da maior ilha marítima do Brasil.

(65) 9.9907.1991

Redes Sociais