Sicoob
? ºC Cuiabá - MT

17 de outubro de 2018 - 22:51

Mato Grosso

25/06/2018 10:53

Disputa ao Governo do Estado de MT

Pesquisa aponta "empate" entre ex-prefeito e governador; senador está bem cotado

Pesquisa Segmenta também apontou Pedro Taques como o mais rejeitado entre os pré-candidatos ao Paiaguas

O governador Pedro Taques (PSDB) e o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), estão empatados tecnicamente na disputa pelo Governo do Estado nas eleições de 2018. Pelo menos é o que aponta o Instituto Segmenta, que perguntou a 2.048 mato-grossenses as intenções de voto do próximo chefe do poder executivo estadual.

Mendes, porém, está em ligeira vantagem na pesquisa estimulada, anotando 19,39% das intenções das intenções de voto, enquanto Taques é a preferência de 16,42% do eleitorado. Dentro da margem de erro, de 3% para mais ou menos, os pré-candidatos estão empatados tecnicamente.

Em terceiro lugar aparece o senador Wellington Fagundes (PR-MT), com 11,86% das intenções de voto, seguido pelo ex-prefeito de Lucas do Rio Verde (354 km de Cuiabá), Otaviano Pivetta (PDT), com 5,81%. O procurador da Fazenda Nacional, Mauro César Lara Barros (PSOL) tem 5,39%.

Chama a atenção no levantamento, que 35,22% disseram que não sabem em quem votar. Os que não votarão em nenhum dos candidatos propostos na pesquisa estimulada são  5,92%.

REJEIÇÃO

Já no quesito rejeição, o atual governador "lidera com folga" em relação aos demais adversários. De acordo com o levantamento, 38,75% das pessoas entrevistadas disseram que “não votariam de jeito algum” em Pedro Taques nas eleições de 2018.

Mauro Mendes não será o candidato para 10,93% do eleitorado, seguido pelo Procurador Mauro com 8,01%. Wellington Fagundes e Otaviano Pivetta possuem, respectivamente, a rejeição de 7,63% e 7,17% do eleitorado mato-grossense.

O Instituto Segmenta entrevistou 2.048 pessoas em 71 municípios de Mato Grosso entre os dias 13 e 18 de junho de 2018. A maior parte dos eleitores (39,73%) tem idade de 45 anos ou mais, e 50,45% é do sexo feminino.

Os números apontam ainda que 70,5% dos entrevistados possuem até o ensino médio completo e 59% ganham até cinco salários mínimos. A pesquisa tem 95% de confiabilidade, isto é, a cada 100 levantamentos, 95 deles apresentarão os resultados descritos dentro da margem de erro, que é de 3%.

A pesquisa foi divulgada no último dia 20 junho e está registrada sob o número MT-07643/2018.

pesquisa-governador.jpg

 pesquisa-governador-rejeicao.jpg


Escola ailtonParte 3Parte 2
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo